#.#

 

 

Hmmm pois. Não sei desde quando é que o Chocolate se tornou tão importante na minha vida, e a comida em geral. Talvez desde sempre. Lembro-me de desde pequenina, ser a glutona da família. A comida subsitui os espaços vazios da minha vida e do meu coração. As tabletes da Milka gigantes, delicosas, tornam-se verdadeiras melhores amigas por instantes. (Apenas por instantes, infelizmente). E outros chocolates, e bolachas, e bolos, e folhados, preenchem os outros espaços - amigos, colegas, família. E deixam-me feliz por momentos! 

 

Hoje estou triste, não sei ao certo porquê, e talvez não exista uma razão sólida. Existem pois, pequenas e inumeras razões que me levam a este estado de alma deprimente. Por exemplo, fui ao guarda-roupa para me vestir, para mais um dia de escola, e como sempre, nada para vestir. Peças desde há uns 3 anos, tops que ja nem me servem, roupas sem jeito nenhum e que não se enquadram no meu estilo. E não penses que sou muito pobre. Nop! Simplesmente a minha querida mãe, por quem tenho um enorme afecto, está a borrifar-se se eu ando nua, ou mal vestida ou rota. Eu vejo as minhas colegas a irem às compras com as mães, as mães a comprarem-lhe uma data de calças, tops, camisolas, qualquer que seja o preço. E eu 0. Quando vou às compras com a minha mãe não estamos mais do que 5 min. na mesma loja. E mais! Se eu vir algo que goste, digo-lhe Mãe gosto daquilo! Anda lá ver. Ela vai. HMMMMM olha para a etiqueta. E sim, se custar mais do que 20 euros, ela não compra. 

Por vezes o problema não é ela comprar, porque eu tenho o meu cartão de crédito, que por acaso tem uns 250 euros. Só que a minha querida mãe, por quem tenho um enorme afecto, não me leva às comprassssss. Nunca! Eu peço-lhe e nada. 

 

Estou na minha hora de almoço. Vesti-me, fui-me ver ao espelho. E sinceramente, deu-me vontade de chorar. Voltei à cozinha e devorei esse bolo que está aí em baixo. Hmmm parte da tristeza passou.

 

 

[ cansei-me de por fotos que não são minhas .. ]

 

Faz-me bem escrever aqui... =) Bem, vou para às aulas. 

 

 

 

publicado por Unicorn às 12:58 | link do post | comentar